Porquê cabelo é só cabelo!

25.3.15 Esteffany Marques 1 Comentários


Quando assumi o black, não foi fácil, mas aprende a ver que cabelo é só cabelo e não importa o que os outros digam, se está melhor que antes ou pior, já estou em uma de não importar mais com a opinião aleia. 

Quando percebe que cabelo era só cabelo já era tarde, já havia feito 1 bilhão de chapinhas acompanhadas com química, e para piorar tinha preconceito de mim mesma (Triste). Já estava me acostumando em ver que cabelo mudavam muitas coisas e talvez me deixa-se mais bonito e até mais atraente para alguns garotos, na época.


A falta de alto estima era tanta que talvez tenha passado por ridículo muitas vezes mais não me importava, pois a beleza que todos queriam eu estava dando. Depois de um tempo assim, sendo rotulada, deixando ser na verdade, estava cansado de ver ele, meu cabelo, doente. Aparentemente no dia que fazia a chapinha ele ficava perfeito, mas no outro dia ele estava feio e ressecado.

No dia 26 (por ai) de fevereiro de 2014, cortei o meu cabelo escondido dos meus pais, mas estava tão feliz, que as broncas valiam a pena. Senti uma sensação tão diferente, acredito que seja alta satisfação, pois, naquele estante não sabia se chorava ou sorria (hahaha). A primeira fitagem foi horrível, não sabia lidar com ele, mas ocorreu tudo bem, depois de um tempo aprende tudo o que sei hoje, e estou firme e forte.


A lição que passo hoje é que não importa a textura do cabelo, nem os rótulos fixados em vocês pelo fato de ser crespa ou alisada, o que de fato importa é ser você mesma. Acredite no seu potencial e em você, pois a beleza vem dai.

Espero que tenha gostado, beijos :*



.

Você pode gostar também!

Um comentário:

  1. Lindo Esteffany, verdade! Sabe que sou fã de 'cachos' né?! Desde os mais crespos aos encaracolados, mais o que vale é nossa essência e o que nos faz feliz; acredito ainda que somos verdadeiramente felizes quando nos aceitamos! Um beeijo ;)

    ResponderExcluir